Richard e as crianças

No dia 13 de Outubro, dois palestinos armados entraram em um ônibus em Jerusalém, esfaquearam e atiraram nos passageiros. Duas pessoas morreram no local (Haviv Haim de 78 anos e Alon Govberg de 51 anos) e mais de vinte ficaram feridas, entre elas, Richard Lakin, educador, 76 anos, que havia sido baleado na cabeça e esfaqueado no peito.

Richard, enquanto lutava pela vida em um hospital israelense, encabeçou uma ação contra o Facebook por permitir que páginas em Árabe propagandeiem o ódio e incitem atentados terroristas. A ação foi protocolada na comarca de Nova York no Brooklyn. Mais de vinte mil testemunhas israelenses assinaram a ação. Elas alegam que a maioria dos agressores palestinos “foram motivados a cometer seus crimes após serem incitados por material visto no Facebook.”

Segundo a AP (Associated Press), o Facebook é o maior meio de comunicação entre jovens palestinos. Algumas páginas, que incitam ataques terroristas, possuem mais de quatro milhões de seguidores. A ação não solicita indenização monetária, requer, somente, que o Facebook assuma a responsabilidade de monitorar páginas, evitando, assim, a propagação de material de ódio na rede.

Richard, que também tinha nacionalidade americana, era educador e dava aulas de inglês em Jerusalém, tanto para crianças israelenses, quanto palestinas. Richard escreveu um livro chamado “Ensinando como um ato de amor”, baseado em suas experiências como educador, ou como ele preferia dizer, como “aluno e criança”. Em um dos trechos está escrito:

“Cada criança é um milagre, a amabilidade e o positivismo são contagiosos, a capacitação liberta as crianças para conhecerem seu potencial, criar crianças e ensinar, são atos de amor, as escolas devem ensinar como comunidades de aprendizagem onde o pluralismo e as oportunidades florescerão a todos em abundância.”

Nesta manhã de Terça, Richard Lakin não resistiu aos ferimentos e faleceu em um hospital israelense, deixando a família, os amigos e as crianças.

About the Author
Fazendo frente ao mundo de desinformações que assolam editoriais e movem teclados contra Israel. Daniel é mestre em Economia Financeira, Professor e Pesquisador Assistente na Faculdade IDC Herzliya. Siga-me no Facebook.
Related Topics
Related Posts
Comments